você trabalha com o que você ama?


escolha um trabalho que você ame e̶ ̶n̶ã̶o̶ ̶t̶e̶r̶á̶s̶ ̶q̶u̶e̶ ̶t̶r̶a̶b̶a̶l̶h̶a̶r̶ ̶u̶m̶ ̶ú̶n̶i̶c̶o̶ ̶d̶i̶a̶ ̶d̶a̶ ̶s̶u̶a̶ ̶v̶i̶d̶a̶ e trabalhe feito um doido.


escolha um trabalho que você ame e se pegue monotemático, dos pensamentos às conversas, num dois pra lá dois pra cá entre o orgulho e a frustração, ambos desvairados. se deixe acordar por fantasmas que te chamam no meio do dia e da noite e que a sociedade apelidou de "boletos por pagar". carinhosamente. se deixe cair em abismos. se permita se aceitar grande, se aceitar burro, se aceitar ambicioso, mas nunca desonesto com seu talento e as suas verdades.


escolha um trabalho que você ame e perca a noção do que quer dizer "horário comercial". se entregue desde às manhãs e até nas madrugadas em todas as variações que um relógio pode girar nesta e em outras galáxias. ou nos ponteiros derretidos que Dalí pintou naquele quadro, porque no fim é meio derretido mesmo que você se sente de tanto se entregar.


é de derreter, mas é lindo. juro.